FANDOM


História Editar

Kahndaq é um país árabe no continente da África. É regido pelo anti-herói Adão Negro. Sua capital é shiruta e pelo menos uma de suas línguas oficiais é o árabe.

História Antiga Editar

Há mais de 3600 Kahndaq foi o local de nascimento de Adão Negro. Após a morte do príncipe local, Khufu, Adão Negro passou a tomar medidas extremas para proteger Kahndaq, o que fez com que o Mago Shazam prendesse-o em uma dimensão alternativa durente séculos.

História Moderna Editar

Nos tempos modernos Kahndaq caiu sob o domínio de Rasul al-Kafik. Este ditador, auto-nomeado Almirante-Marechal, liderava o país com mão-de-ferro até que foi deposto por Adão Negro. Após o "Golpe Negro", Adão Negro autoproclamou-se rei de Kahndaq.

Adão Negro passou a ser visto como um deus pelos cidadãos. Ele emitiu leis draconianas, como, por exemplo: execuções públicas toda quarta-feira.

Cultura Editar

Culturalmente o país é semelhante ao Egito. Assim sendo, a maioria da população é de muçulmanos sunitas que estão dispostas a ver Adão Negro como um profeta ao longo das Linhas de Mohammed. Devido à cultura relativamente liberal de Kahndaq, as barreiras sociais para as mulheres não são tão rigorosas quanto em outros países mulçumanos, notadamente os que interpretam radicalmente a lei islâmica.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória